Português

I ST Challenge / Hackathon

18 de dezembro de 2020

O Centro de Tecnologia (CT) da Universidade Federal do Ceará realizou, do dia 30 de novembro a 5 de dezembro, a XV Semana de Tecnologia (ST), evento anual que objetiva possibilitar a troca de saberes e a integração entre estudantes e profissionais das várias áreas da engenharia. Com o tema “Tecnologia e sociedade, uma adaptação constante”, a ST trouxe várias palestras, atividades e eventos em sua composição.

Um desses eventos foi o primeiro hackathon trago pela ST ao Centro de Tecnologia, o ST Challenge, com o tema “Desafios atuais no ensino de engenharia e tecnologia”, buscando fomentar a descoberta, a criação e a modelagem inicial de ideias inovadoras nas áreas de educação e tecnologia para o ensino de engenharia remoto e híbrido.

Objetivando a melhora da experiência do processo de educação e preparação (hard skills e soft skills) dos estudantes para atividades profissionais, na realidade do Centro de Tecnologia da UFC, as soluções a idealizadas e prototipadas no ST Challenge foram baseadas nos seguintes desafios temáticos:
● Como melhorar ou adaptar metodologias de educação para maior aproveitamento do ensino remoto de engenharia e tecnologia?
● Como utilizar ou criar recursos tecnológicos para o ensino híbrido de engenharia e tecnologia?
● Como utilizar a implementação de projetos e a realização de trabalhos e avaliações nas disciplinas para maior desenvolvimento de hard skills e soft skills promovendo maior capacitação para atuação profissional?
● Como tornar a experiência nas disciplinas cada vez mais próxima dos objetivos das Diretrizes Curriculares Nacionais do Curso de Graduação em Engenharia?
● Como fortalecer a conexão do estudante de engenharia ou tecnologia com o mundo do trabalho?

O evento foi totalmente remoto, iniciando na noite do dia 1 de dezembro e terminando na manhã do dia do mesmo mês, ocorrendo três encontros virtuais no total.
Na abertura da evento, além da apresentação oficial da competição e desafios, as equipes tiveram acesso à apresentações sobre o processo de ideação e criação de apresentações de pitch. No dia 3, cada equipe tive um encontro com tutores do Centro de Empreendedorismo (CEMP) da UFC, seguida de uma apresentação de demonstração das soluções para a final, auxiliando com dicas e instruções aos participantes, tanto para a apresentação de pitch quanto para desenvolvimento próprio dos participantes durante a competição. No último dia do evento ocorreram as apresentações finais das equipes à uma Comissão Julgadora, que avaliou aspectos como funcionalidade (questões técnicas do produto/solução), aplicabilidade (custo/benefício) e pitch (apresentação).

No total, 21 pessoa em 9 equipes se inscreveram para a competição. As equipes com as melhores soluções propostas receberam premiações que incluem um valor pecuniário em dinheiro arrecadado das empresas apoiadoras do evento e cursos de capacitação voltados paras as áreas de engenharia e mercado corporativo. Dessas equipes, podemos destacar:

1º lugar: ClassHub
Matheus Rocha Monteiro | Engenharia de Computação
Marcos Augusto Pereira Albuquerque Lima | Engenharia de Computação
Lucas Noronha de Oliveira Alves | Engenharia de Computação

2º lugar: Co.necta
Paulo Ricardo Moura | Engenharia Química
Francisco Hiago Barbosa Quinto | Engenharia Química
Lucas Costa Maia | Engenharia Química

3º lugar: VoidWorks
Davi Queiroz Albuquerque | Engenharia de Computação
Catherine Bezerra Markert | Engenharia de Computação
Yago Costa de Oliveira | Engenharia de Computação

O Centro de Tecnologia (CT) da Universidade Federal do Ceará realiza, realizou do dia 30 de novembro a 5 de dezembro, a XV Semana de Tecnologia (ST), evento anual que objetiva possibilitar a troca de saberes e a integração entre estudantes e profissionais das várias áreas da engenharia. Com o tema “Tecnologia e sociedade, uma adaptação constante”, a ST trouxe várias palestras, atividades e eventos em sua composição.

Um desses eventos foi o primeiro hackathon trago pela ST ao Centro de Tecnologia, o ST Challenge, com o tema “Desafios atuais no ensino de engenharia e tecnologia”, buscando fomentar a descoberta, a criação e a modelagem inicial de ideias inovadoras nas áreas de educação e tecnologia para o ensino de engenharia remoto e híbrido.

Objetivando a melhora da experiência do processo de educação e preparação (hard skills e soft skills) dos estudantes para atividades profissionais, na realidade do Centro de Tecnologia da UFC, as soluções a idealizadas e prototipadas no ST Challenge foram baseadas nos seguintes desafios temáticos:
● Como melhorar ou adaptar metodologias de educação para maior aproveitamento do ensino remoto de engenharia e tecnologia?
● Como utilizar ou criar recursos tecnológicos para o ensino híbrido de engenharia e tecnologia?
● Como utilizar a implementação de projetos e a realização de trabalhos e avaliações nas disciplinas para maior desenvolvimento de hard skills e soft skills promovendo maior capacitação para atuação profissional?
● Como tornar a experiência nas disciplinas cada vez mais próxima dos objetivos das Diretrizes Curriculares Nacionais do Curso de Graduação em Engenharia?
● Como fortalecer a conexão do estudante de engenharia ou tecnologia com o mundo do trabalho?

O evento foi totalmente remoto, iniciando na noite do dia 1 de dezembro e terminando na manhã do dia do mesmo mês, ocorrendo três encontros virtuais no total.
Na abertura da evento, além da apresentação oficial da competição e desafios, as equipes tiveram acesso à apresentações sobre o processo de ideação e criação de apresentações de pitch. No dia 3, cada equipe tive um encontro com tutores do Centro de Empreendedorismo (CEMP) da UFC, seguida de uma apresentação de demonstração das soluções para a final, auxiliando com dicas e instruções aos participantes, tanto para a apresentação de pitch quanto para desenvolvimento próprio dos participantes durante a competição. No último dia do evento ocorreram as apresentações finais das equipes à uma Comissão Julgadora, que avaliou aspectos como funcionalidade (questões técnicas do produto/solução), aplicabilidade (custo/benefício) e pitch (apresentação).

No total, 21 pessoa em 9 equipes se inscreveram para a competição. As equipes com as melhores soluções propostas receberam premiações que incluem um valor pecuniário em dinheiro arrecadado das empresas apoiadoras do evento e cursos de capacitação voltados paras as áreas de engenharia e mercado corporativo. Dessas equipes, podemos destacar:

1º lugar: ClassHub
Matheus Rocha Monteiro | Engenharia de Computação
Marcos Augusto Pereira Albuquerque Lima | Engenharia de Computação
Lucas Noronha de Oliveira Alves | Engenharia de Computação

2º lugar: Co.necta
Paulo Ricardo Moura | Engenharia Química
Francisco Hiago Barbosa Quinto | Engenharia Química
Lucas Costa Maia | Engenharia Química

3º lugar: VoidWorks
Davi Queiroz Albuquerque | Engenharia de Computação
Catherine Bezerra Markert | Engenharia de Computação
Yago Costa de Oliveira | Engenharia de Computação

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: Prof. Abraão Freires Saraiva Júnior